28.8 C
Uberlândia
quinta-feira, julho 18, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesSoja e milho: Inseticida tem bom desempenho de controle em lagartas nas...

Soja e milho: Inseticida tem bom desempenho de controle em lagartas nas culturas

Divulgação

Introduzido no mercado há cerca de dois anos, o inseticida de marca Takumi®, da Sipcam Nichino Brasil, revelou bom desempenho no controle das principais lagartas nas culturas da soja e milho, tais como a Spodoptera frugiperda e a Chrysodeixis includens ou ‘falsa-medideira’. De acordo com o engenheiro agrônomo Vitor Cabral Araújo, da área de desenvolvimento de mercado, ensaios recentes compararam produtos do chamado tratamento padrão ao inseticida de ponta da empresa ítalo-japonesa.

Conforme o especialista, na cultura da soja Takumi® entregou de 89% a 92% de eficácia no controle da Spodoptera frugiperda, no período de 10 dias após aplicado. Sobre a Chrysodeixis includens ou falsa-medideira, o inseticida transferiu indicadores de controle de 78%, acima dos tratamentos padrão, de sete a 14 dias depois da aplicação na oleaginosa.

Já na cultura do milho, acrescenta Cabral, Takumi® registrou dados ainda mais relevantes, de 96% a 99% no controle da Spodoptera frugiperda, na avaliação de sete dias a 10 dias após aplicado.

“Tanto na soja como no milho, a recomendação ideal é a de aplicar Takumi® prioritariamente no manejo de lagartas pequenas, até 3º instar (1 centímetro de comprimento)”, ressalta Vitor. “Enfatizamos também a necessidade de monitorar o início da infestação de lagartas e ter atenção quanto à boa cobertura do produto nas plantas. O tratamento correto resulta numa relação custo-benefício altamente favorável ao produtor”, salienta ele.

LEIA TAMBÉM:

Inseticida inovador contra percevejos nas culturas da soja e milho
Microrganismo Bacillus simplex auxilia nas lavouras de milho e soja  

Conforme explica o agrônomo, os resultados proporcionados pelo inseticida vêm associados às características centrais da molécula Flubendiamida 222, da Nichino do Japão, ingrediente ativo do produto. “Takumi® faz com que as lagartas cessem a alimentação, por contato e ingestão e é altamente seletivo aos inimigos naturais dessas pragas, portanto, amplamente favorável ainda ao emprego no MIP ou manejo integrado de pragas.”

ARTIGOS RELACIONADOS

Abertura da 15ª SIT conta com apresentação de novas tecnologias

O evento marca os 50 anos da Embrapa e os 15 anos de realização da Semana de Integração Tecnológica.

Mercado de produtos biológicos já movimenta quase R$ 1 bilhão no Brasil

Conforme a empresa, culturas de soja, cana e algodão estão entre as que mais demandam insumos do gênero; segmento deve seguir crescendo no País

Mapa inclui a cultura da banana no projeto-piloto

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), publicou nesta segunda-feira (13) a Resolução 76, do Comitê Gestor Interministerial do Seguro Rural, que aprovou a inclusão da cultura da banana no projeto-piloto de subvenção ao prêmio do seguro rural para operações enquadradas no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Raízes pivotantes de girassol

O girassol (Helianthus annuus L.), é uma planta dicotiledônea de ciclo anual ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!