21.6 C
Uberlândia
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
- Publicidade -
TagsParicá

Tag: Paricá

Brasil precisa investir em pesquisa de espécies nativas?

O Brasil precisa investir em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) das suas espécies de árvores nativas para alavancar a restauração florestal e conseguir criar um novo modelo...

Novidades no controle de formigas

As formigas-cortadeiras são pertencentes aos gêneros Atta, conhecidas como saúvas, e Acromyrmex, conhecidas como quenquéns. São indiscutivelmente as principais pragas florestais do Brasil, já que suas populações em plantios florestais dificilmente diminuem naturalmente.

Adubação foliar para espécies florestais funciona?

Roberta Camargos de Oliveira Engenheira agrônoma, doutora e PhD em Agronomia - Universidade Federal de Sergipe (UFS) robertacamargoss@gmail.com Fernando Simoni Bacilieri Engenheiro agrônomo e doutorando em Produção Vegetal,...

Seringueira – A união faz a força

  Rodrigo Lima Doutor em Engenharia Florestal, coordenador de Pesquisa e Extensão e professor II na Faculdade de Tecnologia da Indústria "SENAI rodrigo.lima@fiepr.org.br A árvore da seringueira possui...

A viabilidade da genética para as florestas

  Evandro Novaes PhD e professor responsável pela área de Genética e Melhoramento Florestal da Universidade Federal de Goiás novaes@ufg.br A escolha da espécie e do material genético...

Paricá – Madeira de demanda garantida e lucro crescente

José Geraldo MAGESTE Engenheiro florestal, Ph.D, professor de Solos e Nutrição de Plantas e Sistemas Agroflorestais(SAF´s) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) jgmageste@ufu.br ...

Monitoramento é fator decisivo contra a proliferação da Helicoverpa no Mato Grosso

Segundo especialistas, fazendas com prevenção contínua não apresentam chance de surto ao contrário das lavouras que não investiram na manutenção   Há mais de cinco safras,...

Silício x nematoides

  Bruno Nicchio Ernane Miranda Lemes ernanelemes@yahoo.com.br Engenheiros agrônomos, mestres e doutorandos em Agronomia, ICIAG-UFU José Geraldo Mageste da Silva Professor UFVJM/Instituto de Ciências Agrárias, ICIAG-UFU jgmageste@ufu.br   Dentre as espécies florestais cultivadas,...

Paricá – A realidade de uma madeira nobre

  O paricá,que pode ser cortado com cinco anos de idade, tem sua madeira usada na construção civil e na fabricação de móveis. Até agora...

Reflorestamentos com espécies alternativas são oportunidades de mercado

Marcio Funchal Diretor de Consultoria da Consufor www.consufor.com O cultivo de árvores faz parte da cultura popular do Brasil. Nas variações culturais de nosso país permeiam as...

Acompanhe

3,630FãsCurtir
23,638SeguidoresSeguir
1,540InscritosInscrever

AGENDA DE EVENTOS

28º Show Tecnológico Copercampos

27 a 29 de fevereiro, em Campos Novos (SC).

COPLACAMPO 2024 chega à décima edição 

26 de fevereiro a 1º de março, em Piracicaba (SP).

Expodireto Cotrijal

De 04 a 08 de março, em Não Me Toque (RS).

Femagri

De 20 a 22 de março, em Guaxupé (MG).

Tecnofam 2024

De 16 a 18 de abril, no Parque de Exposições de Dourados (MT).

TEMPO

Uberlândia
nuvens quebradas
21.6 ° C
21.6 °
21.6 °
88 %
3.1kmh
75 %
qua
26 °
qui
27 °
sex
25 °
sáb
28 °
dom
25 °

ARTIGOS MAIS LIDOS

Abacate: Condução do plantio à colheita

O potencial produtivo da cultura do abacate cresceu e ainda cresce, batendo recordes a cada safra. Um dos motivos para tamanha expansão é o aumento no consumo devido às propriedades nutricionais cientificamente comprovada.

Folhas enrugadas em citros: o que fazer?

Folhas enrugadas em pomares de limão podem ser resultantes do ataque de pulgões, larva-minadora ou deficiência mineral.

Controle das pragas e doenças do abacateiro

As principais pragas do abacateiro são: broca ou lagarta-do-fruto (Stenoma catenifer), principal praga no Brasil; bicudo do abacateiro (Heilipus catagraphus; Heilus spp.) e carunchos (coleobrocas), lagartas, ácaros (Oligonychus yothersi; Oligonychus persea), tripes, percevejos e formigas.

Pragas e doenças do mamoeiro

O desenvolvimento das pragas e doenças no mamoeiro ocorre em decorrência da interação do ambiente (clima, temperatura e umidade); do hospedeiro (mamoeiro), do patógeno (fungos, vírus, bactérias) e do homem (mudas infestadas e práticas culturais).